LIGAMOS AGORA!

SE PREFERIR, LIGUE GRÁTIS

0800 772-9000

O que fazer para não danificar seu sistema de esgoto

Veja alguns cuidados que podem evitar danos em seu sistema de esgoto.


Esgoto - exemplo

Esgoto é um tipo de sistema voltado para o escoamento e tratamento de dejetos vindos das grandes cidades. Existem três tipos de esgotos: os industriais, os pluviais e os domésticos, cada um com um tipo específico de tratamento, uma vez que seus resíduos são diferentes.



O esgoto industrial, formado por resíduos da indústria, necessita de tratamento em estações específicas para higienizar a água de modo que ela tenha condições de voltar à natureza. No esgoto doméstico, vindo do aglomerado populacional, trata-se da água do banho, louças, descarga e lavagem de roupas. No caso do sistema de esgoto pluvial, a água da chuva é encaminhada para as galerias pluviais através dos tubos subterrâneos.

Essas galerias evitam que a água se acumule nas ruas e a leva em direção aos rios, córregos e mares. Quem vive na cidade sabe da importância dos sistemas de esgoto para a preservação de nossas vidas e de nossa própria saúde. O problema é que na grande maioria dos casos os sistemas de esgoto não são preservados e isso acaba provocando descontroles, que podem causar sérios problemas para a cidade.

Você também pode gostar de:

Você sabe o que é saneamento básico?


Tratamento dos esgotos


Desenho do tratamento de esgoto

O sistema de tratamento de esgotos é importantíssimo para a saúde pública, uma vez que evita a contaminação e transmissão de doenças, além de manter as cidades em equilíbrio. Um esgoto danificado ou não tratado acaba acumulando micro-organismos, toxicas, bactérias e fungos.

Com o despejo do esgoto não tratado em rios e mares, ocorre a destruição do nosso ecossistema, provocando a morte de várias espécies da flora e da fauna. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde, o saneamento básico pode ser traduzido como um conjunto de serviços: infraestrutura do manuseio de águas, instalações operacionais, esgoto sanitário, abastecimento de água potável e tratamentos de resíduos que promovem a higiene urbana.

Outros dados revelam que há comprovações de que existe uma relação entre a falta ou falha de saneamento e a alta taxa de mortalidade populacional, que muitas vezes é causada por dengue, diarreia, infecções, cólera e hepatites. As doenças são transmitidas principalmente por água contaminada, pelo contato com o solo e através de mosquitos ou parasitas.

Como evitar problemas no sistema de esgoto?


Despejo de esgoto

Alguns cuidados podem ser adotados para evitar problemas com os sistemas de esgoto. Uma dica é sempre deixar a caixa de gordura não muito longe da pia da cozinha, uma vez que se houver o acúmulo de gordura, será muito mais fácil desentupir o cano.

O ideal é investir em sistemas com sifão também nos ralos. O sifão retém a sujeira e quando há entupimento você só precisa limpá-lo. Evite jogar restos de comida ou qualquer outro tipo de detrito em vasos sanitários, pias e ralos – incluindo cabelos – já que isso pode causar entupimento e extravasar nas ruas, contaminando todas as residências vizinhas.

Veja também:

Saiba como descartar o óleo de cozinha em São Paulo


Outra dica é evitar conectar a água da chuva às redes de esgotos sanitários, bem como evitar o descarte de papéis, panos, plástico, cigarro, fralda ou qualquer outro objeto. Os sistemas de esgoto foram projetados para receber a água dos esgotos. A água da chuva precisa ser direcionada às ruas ou galerias pluviais para não sofrer uma contaminação. Ao ligar a água de chuva ao sistema de esgoto, as enchentes serão a consequência, fazendo com que a região seja invadida pela água contaminada.

O óleo de cozinha deve ser descartado separadamente – nem no lixo nem na pia – visto que se trata de uma substância extremamente poluente. O ideal é separar o óleo em recipientes e doar a empresas que trabalham com reciclagem. Os fios de cabelo podem parecer inofensivos, mas também não são degradáveis, formando uma gigantesca malha que pode trazer transtornos para o esgoto. Quando o imóvel é conectado às redes de esgoto, o indivíduo pode desfrutar de mais saúde e prevenir doenças contagiosas, além de diminuir ou eliminar o mau cheiro e ajudar a despoluir mares, rios e córregos.

Por isso, é importante não contratar qualquer pessoa para realizar essa tarefa. Mas sim, entrar em contato com uma empresa desentupidora capacitada para realizar o serviço de desentupimento e manutenção da sua residência. Quer saber de todas as novidades e dicas de desentupimento? Cadastre-se em nossa newsletter e fique por dentro de tudo!

Este conteúdo é protegido pela lei de direitos autorais (Lei 9.610 de 19/02/1998). Sua reprodução total ou parcial é proibida nos termo da lei.

Copyright a Desentupir 24h Comércio de Serviços Ltda. © 2015