LIGAMOS AGORA!

SE PREFERIR, LIGUE GRÁTIS

0800 772-9000

Dicas sobre Controle de Pragas

Veja algumas dicas importantes da DESENTUPIR 24h para prevenir infestações e EVITAR PROBLEMAS COM INSETOS E PRAGAS URBANAS. Para mais informações, ligue DESENTUPIR 24h: 11 5522-9000 dia e noite, inclusive sábados, domingos e feriados.

Não seja surpreendido! Prevenir sempre é mais barato que resolver problemas. E o sucesso de qualquer ação contra insetos e pragas urbanas começa pela organização e limpeza dos ambientes.

Faça também dedetizações preventivas e o monitoramento regular para observar o comportamento das pragas sob controle. Mas a manutenção segura e eficiente só pode ser feita por uma empresa especializada e de sua confiança. Além de economizar tempo e dinheiro, você evita prejuízos e preserva a saúde das pessoas que convivem nos ambientes.

O controle físico do acesso das pragas aos ambientes é tão importante quanto o controle químico. Isso nada mais é do que adotar medidas simples para restringir as condições de abrigo, acesso a água e a alimentos para os insetos e pragas.

Controle de Cupins:


- Em móveis, objetos, peças de decoração e materiais de acabamento, use madeiras naturalmente inatacáveis por cupins. Peroba do campo, peroba rosa, jatobá, maçaranduba, jacarandá, pau ferro, braúna, sucupira, copaíba tem em seu cerne (porção central do tronco) compostos químicos que as tornam mais resistentes a ataques.

- Nas revoadas nupciais dos cupins (siriris ou aleluias), feche portas, janelas e outras aberturas. Atraídos pela iluminação, estes insetos entram nos ambientes e causam infestações. Após se reproduzirem, perdem suas asas e procuram abrigo em objetos de madeira.

- Dê especial atenção ao armazenamento adequado de madeira e derivados de celulose. Evite os locais úmidos.

- Examine peças e estruturas de madeira (rodapés, forros, armários, estantes, esquadrias, etc.) com frequência para detectar sinais de infestação.

- Após o término de obras, retire rapidamente o madeiramento usado e reduza as ameaças de infestações no imóvel.

- Madeiras infestadas devem ser retiradas e destruídas (de preferência, queimadas em lugares adequados). Peças valiosas devem ser submetidas a tratamentos especiais, em câmaras de expurgo.

- Em bibliotecas e arquivos, sempre que possível, use estantes metálicas.

- Faça tratamentos preventivos em móveis e madeiras. Substâncias repelentes matam os insetos em contato com o material.

- Fique atento a sinais visíveis de ataque. O surgimento de um pozinho marrom índica a presença de fezes de cupins nos ambientes. Eles formam no interior das madeiras uma rede de túneis cobertos com uma cera protetora. Quando removem esta camada de cera junto com suas fezes, aparece o pó marrom. Observe também o surgimento de orifícios circulares no exterior de madeiras.

Controle de Baratas:


- Caixas de gordura, galerias de esgoto, lixeiras e ralos devem ser mantidos sempre limpos e bem tampados.

- Bloqueie a passagem de insetos por baixo de portas externas com proteções de borracha.

- Vede as frestas nas paredes, rodapés, tacos e azulejos com cimento branco ou massa de calafetar.

- Não deixe alimentos expostos. Guarde-os sempre em recipientes fechados.

- Se desfaça de objetos inúteis. Não amonte caixas de papelão, madeira, isopor ou qualquer outro tipo de lixo.

- Mantenha alimentos estocados sobre estrados a pelo menos 10cm de distância de paredes ou do piso.

- Recolha restos de comida em sacos plásticos, os mantenha fechados e em local apropriado.

Controle de Ratos:


- Ratos causam prejuízos e transmitem doenças. Elimine os elementos atrativos e facilitadores de proliferação, como abrigo, alimento e água.

- Acondicione o lixo dentro de lixeiras tampadas ou em sacos plásticos vedados, em locais altos. Limpe as lixeiras com frequência.

- Não jogue lixo em terrenos baldios e cuide para que sejam mantidos limpos e capinados.

- Antes de anoitecer, limpe os locais de refeições e de preparação de alimentos e guarde-os em recipientes fechados, distantes do solo e paredes.

- Lave os pratos e utensílios de cozinha, limpe fogões as superfícies onde os alimentos são preparados.

- Não deixe os alimentos de animais domésticos expostos, especialmente à noite e evite as doenças que a eles são transmitidas pelos ratos.

- Mantenha limpos os porões, sótãos e garagens e não armazene entulho ou materiais que não estão mais em uso.

- Mantenha jardins cultivados, aparados e bem cuidados. Não amontoe vegetação.

- Vede os ralos, bueiros, encanamentos, soleiras de portas e outros acessos externos. Mantenha ralos e tampas de bueiros firmemente encaixados, e sem brechas para a entrada do roedor.Feche também qualquer tipo de vão existente em portas, janelas, pisos e paredes.

- Não permitir qualquer amontoado de lixo, restos de construções, troncos, pedras, tudo que represente um abrigo, ou alimento ao roedor.

- Afaste de muros e paredes os objetos que possam facilitar o acesso dos roedores aos ambientes.

- Evite o acúmulo desnecessário de plásticos, papéis e papelões, que podem servir de ninho para os roedores

- O armazenamento de caixas, sacos e fardos deve ser feito sobre apoios com distância de no mínimo 40cm do solo, paredes e entre as pilhas, para que seja possível inspeciona-las por todos os lados.

- Caso não exista coleta regular, enterre separadamente o lixo orgânico e inorgânico, a uma distância mínima de 30m do domicílio.

- Se encontrar fezes, ninhos, roedores vivos ou mortos dentro dos ambientes, não toque em nada! Evite varrer e nem use aspirador de pó. Para a desinfecção, use uma medida de água sanitária misturada com 9 partes de água. Pulverize os locais e objetos contaminados e deixe agir por 30 minutos. Depois, umedeça um pano com a solução e remova com ele os ninhos, fezes ou roedores mortos.

- Se um ambiente estiver fechado por muito tempo e apresentar sinais de infestação de roedores, mantenha-o aberto e ventilado por pelo menos 30 minutos.

- Evite infestações por camundongos (Mus musculus) mantendo armários e depósitos arrumados e livres de objetos desnecessários e amontoados; Coloque telas em todos as aberturas com mais de 6mm, entradas de condutores de fios elétricos e demais lugares que possam servir como abrigo ou onde ele possa encontrar materiais para roer.

- Evite infestações por ratos de telhado (Rattus rattus) tapando os buracos e vãos entre telhas devem com argamassa; Coloque telas nas entradas de ar e em todas as aberturas que possibilite a entrada dos roedores pelo telhado.

- Evite infestações por ratazanas (Rattus norvegicus) não depositando lixo em terrenos baldios, margens de córregos, galerias de esgoto ou outras áreas a céu aberto.

Controle de Pulgas:


- Use aspirador de pó para limpar os ambientes pelo menos uma vez por semana, recolhendo ovos, larvas, pupas e também a poeira que serve de alimento para as larvas.

- Lave o piso dos domicílios, panos, capas de almofadas, forros de sofás e de colchões de tecidos frequentemente. Evite também o uso de carpetes.

- Elimine fendas e frestas encontradas em pisos e paredes perto dos rodapés com cimento branco ou massa de calafetar.

- Os animais domésticos, o local onde dormem e por onde circulam devem ser mantidos limpos e higienizados. Impeça o contato de seus animais de estimação com outros animais que poderão estar sob infestação de pulgas.

- Roedores são potenciais hospedeiros de pulgas e seu controle também reduz o surgimento das pulgas.

Controle de Formigas:


- Mantenha os ambientes bem limpos de restos de alimentos.

- Guarde os alimentos (especialmente açúcar e doces) em potes hermeticamente fechados.

- Se encontrar um formigueiro na terra, proteja os pés e as pernas e jogue água fervente sobre ele. Depois, cave o local até encontrar umas bolinhas brancas (ovos) e jogue também água fervente com sabão sobre elas.

- Formigas podem vir de vasos e jardins e se abrigar onde há fontes de alimentação. Evite fazer refeições em quartos e outras dependências inadequadas para este fim.

Controle de Moscas, mosquitos e outros insetos voadores


- O saneamento ambiental ainda é o melhor meio de se evitar infestações de insetos voadores. Mantenha todos os ambientes sempre bem limpos e evite acumular lixo, restos de alimentos e matérias orgânicas em decomposição.

- Acondicione corretamente o lixo em sacos plásticos, em latas limpas e tampadas e, de preferência, sobre estrados, longe do contato com o solo.

- Não jogue lixo a céu aberto e nem em terrenos baldios. Coloque o lixo para coleta somente uma hora antes do coletor passar.

- Se não houver coleta pública, enterre o lixo sob uma cobertura compactada de no mínimo 30cm.

- Armazene alimentos bem fechados em potes, latas ou recipientes apropriados.

- Não crie animais rurais em áreas residenciais. Áreas com fezes de animais domésticos e recipientes com restos ou outros resíduos alimentares devem ser lavados com frequência.

Controle de Mosquito da Dengue (Aedes aegypti)


- Evite o avanço da dengue eliminando criadouros onde os insetos se reproduzem como vasos de plantas, pneus velhos, garrafas vazias destampadas e outros recipientes que podem acumular água parada.

- Também fique atento a caixas d’água destampadas, calhas entupidas, ralos de quintal e bacias sanitárias de imóveis desocupados.

Controle de Escorpiões


O escorpião é uma praga difícil de ser controlada. Está entre os seres mais antigos do planeta e sobrevive por muitos meses sem alimento ou água. Medidas para prevenir os acidentes são mais eficazes do que o controle da espécie. Para isso, é preciso estar atento aos hábitos e habitat dos escorpiões.

- Calçados e luvas devem ser usados nas atividades rurais e de jardinagem.

- Verifique roupas pessoais, de cama, de banho e calçados antes de usá-los.

- Não acumule lixo orgânico, entulhos ou materiais de construção sem uso.

- Mantenha limpos os jardins, quintais, paióis, celei,ros e demais instalações próximas das residências.

- Mantenha a limpeza de faixas de pelo menos um a dois metros junto a muros e cercas vizinhas de terrenos baldios.

- Frestas, buracos nas paredes, nos assoalhos, nos forros e em rodapés devem ser fechados com massa ou outros materiais de vedação.

- Use telas ou sacos de areia em portas, janelas, ralos e outros pontos para bloquear o eventual acesso de escorpiões aos ambientes.

- Preserve os predadores naturais desta espécie como corujas, sapos, lagartixas e galinhas

Controle de Aranhas


- Ações preventivas contra aranhas se baseiam no controle ambiental.

- Acidentes ocorrem devido a alguns descuidos, principalmente nas proximidades ou no interior dos domicílios.

- Reduza as condições de abrigo e alimento da espécie.

Controle de Ácaros


Abrigados em colchões, travesseiros, sofás, carpetes, tapetes, cortinas, roupas de cama e pisos, os ácaros se alimentam de resíduos de pele humana e de animais e vivem entre 2 a 3,5 meses.

O ar que respiramos carregado de dejetos, secreções e fragmentos deste insetos mortos, juntamente com a poeira e inúmeras outras partículas em suspensão, provocam reações de hipersensibilidade que se transformam em doenças respiratórias como alergias ao pó doméstico, asmas, rinites e dermatites alérgicas.

Só a adoção de práticas de higiene reduz as populações de ácaros e minimiza os problemas que eles podem causar a saúde das pessoas.

A maior concentração de ácaros ocorre em colchões. É neles que a espécie encontra temperatura e condições aconchegantes para sobreviver. O curioso é que a concentração de ácaros na parte de baixo dos colchões, que está em contato com os estrados, é três vezes superior a do lado de cima. O controle das infestações deve começar nos quartos e se estender para o resto da casa.

- A redução da umidade desfavorece o desenvolvimento de fungos e de ácaros. Desumidifique os ambientes arejando-os naturalmente, usando aparelhos desumidificadores ou ar condicionado.

- Use aspirador de pó. Lave pisos e faça a limpeza dos ambientes com panos úmidos.

- Troque e lave frequentemente cortinas, roupas, fronhas, lençóis, toalhas e peças de cama e banho. No lugar de cortinas, use persianas plásticas.

- Trate colchões e tapetes com acaricidas. Lave colchões, edredons, almofadas e os exponha ao ar e ao sol. Vire os colchões a cada 15 dias e os envolva internamente com uma capa emborrachada, fechada por zíper.

- Prefira colchões e travesseiros de espuma ou use capas plásticas ou de poliuretano anti-ácaros (inclusive em edredons e almofadas).

- Lave semanalmente bonecos e brinquedos de tecido e pelúcia.

- Use filtros em aparelhos condicionadores de ar e sistemas de ventilação central.

- Evite a presença de animais domésticos no interior das habitações. Seja rigoroso com sua higiene pessoal e com a de seus bichinhos de estimação.

- Mantenha toda a casa (principalmente quartos), sempre bem arejada e iluminada.

- Alimentos armazenados em despensas devem ser mantidos bem fechados. Evite fazer refeições em camas e sofás.

Controle de Carrapatos


O carrapato é uma praga de difícil controle, mas algumas medidas podem reduzir sua incidência ao redor das casas.

- Limite a presença de animais domésticos no interior dos ambientes e mantenha a higiene destes animais com a aplicação de carrapaticidas.

- Mantenha os gramados sempre cortados, pulverize estas áreas com inseticidas para jardim e remova as plantas que possam servir de alimento para estes insetos.

- Use repelentes, calças e meias nas épocas de atividade dos carrapatos (principalmente no outono).

- Examine as crianças quando brincarem com animais de estimação ou em áreas sujeitas a infestações.

Controle de Traças


A infestação por traças na fase inicial é mais fácil de ser controlada e a prevenção depende de observações constantes.

- Não acumule papéis, livros e roupas velhos.

- Mantenha livros e revistas em locais limpos e apropriados.

- Corrija focos de umidade principalmente em armários e gabinetes de pias e os mantenha arejados e limpos.

- Nunca armazene objetos, papéis, caixas de papelão e peças de tecido vindos de locais infestados.

- Use sempre aspirador de pó em rodapés e frestas.

- Inspecione regularmente peças de roupas, tapetes e outros objetos suscetíveis a ataque

- Se observar roupas com sinais de ataque de traças, coloque-as em sacos plásticos e leve ao freezer por alguns dias para matar os ovos e os insetos.

- Descarte alimentos contaminados ou suspeitos de terem sofrido ataque de traças.

- Naftalina ajuda na prevenção, mas o controle de infestações severas só é bem sucedido quanto realizado por especialistas, com uso de inseticidas seguros para o ambiente e para saúde das pessoas.

Controle de Pombos


Por causa da disponibilidade de alimento e abrigo, os pombos vivem próximo das habitações humanas. Transmissores de doenças como a salmonelose, toxoplasmose, piolhos, ácaros e pulgas, exigem cuidados com a limpeza de suas fezes, pois a inalação de seus dejetos suspensos no ar causam irritações respiratórias e reações alérgicas, além de outras patologias advindas de vírus, fungos e bactérias.

Por razões relacionadas com o equilíbrio ecológico, os pombos são protegidos pelos órgãos de defesa ambiental. Por isso, só são permitidas ações de manejo para controle da especie. Entre as ações preventivas, recomendamos:

- Não dê alimentos aos pombos.

- Durante a limpeza de suas fezes, proteja o nariz e a boca com máscara ou pano úmido limpo e use luvas de borracha.

- Antes de fazer a limpeza, umedeça as fezes com uma solução desinfetante (meia medida de cloro ou água sanitária diluídos com meia medida de água).

- Depois da limpeza, aplique água sanitária pura no local lavado.

- Impeça o acesso das aves aos locais almejados através de barreiras físicas (telas de proteção e instalação de espículas nos locais onde não é possível o telamento),

- Use repelentes e anticoncepcionais veterinários para manter a população de pombos controladas.

Controle de Morcegos


Morcegos são espécies silvestres que por causa dos efeitos da urbanização adquiriram hábitos sinantrópicos. São transmissores de doenças perigosas, como a raiva (transmitida principalmente a animais) e a histoplasmose (causada por fungos contidos em suas fezes). Porém, são considerados importantes para o equilíbrio ecológico, pois se alimentam de frutas e insetos, disseminam sementes frutíferas pelo solo e consumem até o dobro de seu peso em insetos numa só noite.

Protegidos pela legislação ambiental, sua captura, perseguição ou destruição é proibida. Os morcegos só podem ser controlados através de medidas de afastamento ou de barreiras físicas. Veja algumas dicas para evitar problemas com morcegos:

- Evite a presença de morcegos nos telhados. Use tela de arame para vedar os acessos.

- Verifique e substitua telhas soltas ou quebradas.

- Use passarinheiras nos beirais do telhado para impedir a entrada de morcegos, pássaros ou grandes insetos.

- Nos telhados, use telhas cristal (transparentes) simultaneamente com telhas convencionais, pois a passagem da luz artificial do ambiente inibe a presença morcegos.

Conte com a notória especialização da DESENTUPIR 24h para a execução de ações preventivas para prevenir infestações de INSETOS E PRAGAS URBANAS. Ligue 11 5522-9000 dia e noite, inclusive sábados, domingos e feriados.
Seja o primeiro a comentar esta página!


Saiba mais sobre Dicas sobre Controle de Pragas


Ligue para (11) 5522-9000 ou entre em contato por email.


Regiões que atendemos


 





  Quer saber de todas as novidades e dicas de desentupimento? Cadastre-se em nossa newsletter e fique por dentro de tudo!

Este conteúdo é protegido pela lei de direitos autorais (Lei 9.610 de 19/02/1998). Sua reprodução total ou parcial é proibida nos termo da lei.

Copyright a Desentupir 24h Comércio de Serviços Ltda. © 2015