LIGAMOS AGORA!

SE PREFERIR, LIGUE GRÁTIS

0800 772-9000

Como funciona uma estação de esgoto

Conheça o processo completo da água poluída até sua recuperação para o meio ambiente


Como funciona uma estação de esgoto

Todos os dejetos despejados no esgoto passam obrigatoriamente pela Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), local onde a água receberá cuidados especiais para voltar limpa ao meio- ambiente. Na região metropolitana de São Paulo, o método adotado pela companhia de saneamento local é o da absorção de impurezas por lodos ativados. Esse procedimento foi inventado pelos ingleses em 1914, e até hoje é usado em vários lugares do mundo.

O tempo estimado para que o processo seja realizado com sucesso é de 20 dias. Nesse período a água poluída passará primeiramente para a fase líquida e depois para a sólida.

Nessa primeira etapa, todo o esgoto que passa pela rede coletora será despejado na ETE para o início do tratamento. Antes de mais nada, a água suja utilizada pela população passa por um processo de peneira. São as grades que retém papéis, metais, plásticos e outras sujeiras que não serão aproveitadas para as etapas seguintes.

Em seguida, o esgoto é despejado em uma caixa onde a areia será retida para os próximos processos. Após a retirada do excesso de partículas arenosas, a água passa a ser tratada no decantador primário. Esse processo é absolutamente importante para que a despoluição seja efetuada. Nessa etapa, todas as partículas pesadas serão eliminadas por meio da sedimentação.

Logo depois toda a água livre das partículas mais pesadas será despejada no tanque de aeração. As câmaras são ventiladas para que haja um estímulo no processo aeróbico e, consequentemente, as bactérias ali presentes se multipliquem. São esses microrganismos os responsáveis pela despoluição, já que todas as impurezas serão consumidas por eles.

Toda a sujeira se torna um lodo que será retido no decantador secundário. No total 90% de toda a impureza será tratada e, em seguida, irá desembocar no rio ou represa mais próxima, imprópria para o consumo de água.

Processo sólido E que fim leva o lodo formado pelas bactérias durante o processo bioquímico no tanque de aeração? Como não podia ser diferente, o resíduo também passa por tratamento antes de chegar ao aterro sanitário.

Primeiramente a água é separada da parte solidificada por meio do processo de adensamento por flotação. Em seguida o lodo passa por um processo de solidificação, tornando o resíduo proveniente das impurezas ainda mais concentrado.

Logo depois, o material formado no processo de adensamento se encaminha para os digestores. Bactérias anaeróbicas (que não precisam de oxigênio para viver) se alimentam do resíduo solidificado, formando gás metano e água. Essa eliminação contribui para que o lodo perca totalmente o odor desagradável.

Consequentemente o lodo será desidratado nos filtros prensa e será compactado para ser destinado ao aterro sanitário mais próximo.

Este conteúdo é protegido pela lei de direitos autorais (Lei 9.610 de 19/02/1998). Sua reprodução total ou parcial é proibida nos termo da lei.

Copyright a Desentupir 24h Comércio de Serviços Ltda. © 2015