LIGAMOS AGORA!

SE PREFERIR, LIGUE GRÁTIS

0800 772-9000

Chuvas não reduzem efeitos da estiagem histórica em SP

As pancadas de chuvas dos últimos dias que alagaram ruas e avenidas de São Paulo não foram capazes de reduzir os efeitos da estiagem que castiga a Região Sudeste. Os reservatórios do Sistema Cantareira na terça-feira (4 de novembro) registravam somente 11,9% de sua capacidade, incluindo as reservas técnicas da segunda cota do volume morto, que ainda não está sendo usada (da primeira cota, resta 1,2%).

Segundo a Sabesp, restam ainda 28 bilhões de litros da primeira parte da reserva técnica e os 105 bilhões de litros da segunda cota ainda não estão sendo bombeados.

Outras represas que abastecem a capital paulista e região metropolitana também estão com níveis em queda, exigindo ações para incentivar a economia de água nas cidades paulistas. No dia de Finados, a população foi orientada para evitar a lavagem de túmulos. Também estão sendo estabelecidos novos descontos no valor da conta para quem economizar água. Mesmo com essas medidas, a Sabesp tem realizado cortes pontuais no fornecimento (evita-se falar em racionamento), exigindo que a população procure alternativas para driblar a falta de água.

Mesmo com as chuvas recentes, a situação de diversos reservatórios continua preocupante. O Sistema Alto Tietê dispõe de 8,7% do seu volume; o Sistema Alto Cotia tem 29,6%; e o Guarapiranga mantém 37,9% de sua capacidade total. A Desentupir 24h é uma empresapreocupada com a preservação do meio ambiente. Por isso, utiliza água de reúso nos serviços de desentupimento.

Fonte: r7.com Quer saber de todas as novidades e dicas de desentupimento? Cadastre-se em nossa newsletter e fique por dentro de tudo!

Este conteúdo é protegido pela lei de direitos autorais (Lei 9.610 de 19/02/1998). Sua reprodução total ou parcial é proibida nos termo da lei.

Copyright a Desentupir 24h Comércio de Serviços Ltda. © 2015